skip to Main Content
A Importância Do SPED Fiscal Para Sua Empresa

A importância do SPED Fiscal para sua empresa

Claudineia Rodrigues, Gerente do Departamento Fiscal Varejo da MG

O Sped Fiscal – EFD ICMS/IPI é uma obrigação acessória que tem como conclusiva a escrituração fiscal digital das informações referentes à apuração do ICMS, usando assim de forma correta o cadastro dos produtos movimentados no período, cadastro de clientes e fornecedores, DANFE, notas fiscais entrada e saída, entre outras informações.

Além de ser uma obrigação acessória, o Sped Fiscal serve também como um bom controle gerencial, pois para que o arquivo seja entregue é importante estar com seu cadastro de produtos revisado no seu sistema constante e com o controle de estoque bem adequado, para que não seja apurado o imposto de forma incorreta.

É primordial que tenhamos uma sintonia entre área fiscal e Contabilidade

Considerando que as informações entregues no Sped Fiscal devem ser bem consistentes é essencial que a área fiscal da organização esteja em total sintonia com a Contabilidade, seja ela interna ou externa, para que assim as informações estejam de acordo com a legislação vigente.

Vale destacar que as informações devem estar consistentes, uma vez que a cada ano o fisco aperfeiçoa sua forma de fiscalizar os arquivos, no qual todo processo de fiscalização é eletrônico, obtendo assim todos os resultados rapidamente. Por isso é oportuno que a empresa tenha um sistema integrado com todas as áreas e atenda bem todas essas exigências, além de dar treinamentos a sua equipe de colaboradores e que estejam atentos às constantes mudanças na legislação.

É viável a empresa investir em Consultorias e Auditorias (Processos Administrativos e Tecnologia). Existem no mercado diversas empresas que disponibilizam softwares de Auditoria Digital dos arquivos, sendo de grande importância o arquivo estar com as informações bem precisas e adequadas ao controle do fisco.

Algumas informações primordiais a serem consideradas na geração do arquivo

É importante a verificação de algumas informações, tais como:

  • Total das entradas (Valor Contábil, Base de Cálculo e Valor do ICMS);
  •  Total das saídas (Valor Contábil, Base de Cálculo e Valor do ICMS);
  • Débitos, créditos e saldos do ICMS;
  •  Entradas e saídas detalhadas por CFOP;
  • Valor total das operações de vendas realizadas por cartão de crédito e débitos discriminados por administradora;

Antes e depois da implantação do SPED, mantenha sempre seus documentos organizados. A lei determina que você mantenha a escrituração e os arquivos eletrônicos em ordem por um prazo de cinco anos. Procure ter, inclusive, cópias digitais de segurança de seus arquivos. Você pode fazer isso gravando todos eles em CDs, por exemplo. 

Prepare sua equipe e esteja pronto para as mudanças. Com o SPED, todos os processos passarão a ser digitais. 

Esta é, portanto, uma boa hora para rever e aprimorar os processos da sua empresa e, assim, aumentar o controle e a integração com clientes e fornecedores. 

Ainda tem dúvidas? Veja o décimo quarto episódio da série Contabilizando em 3 Minutos, no qual Claudineia Rodrigues explica mais sobre a importância do SPED Fiscal para a sua empresa:

Back To Top